quarta-feira, 13 de novembro de 2013

O conto do Eolo

   A Bruxa e a Tarte de Limão

   Tenho sete anos, jardineiras de bombazina com joelheiras e camisola de gola alta, maria-rapaz, sorriso arrojado numa boca desdentada.
   É o intervalo da tarde da segunda classe. Salto o muro das traseiras da escola, corro pelo trilho até às árvores, subo ao limoeiro e arranco três limões gordos e resplandecentes ao sol do outono. Penduro-me num ramo, que se parte com o meu peso, caio ao chão e torço o tornozelo esquerdo.
   Como sempre, ela sai da cozinha, gritando de vassoura nas mãos, o cabelo pintado de um vermelho alaranjado, quais labaredas da fogueira que fazíamos pelo são martinho. Mordo os lábios, segurando lágrimas de dor e frustração, e escondo os limões no peitilho das jardineiras, um suspensório deslizando pelo ombro. Coxeio, afasto-me de cabeça erguida, recuso-me a sair vencida. Mas caio, caio e as lágrimas grossas deslizam pela cara abaixo. Os limões rolam pelo chão, como se fossem despojos de guerra.
   A Bruxa, a terrível Bruxa da casa ao lado, ajoelha-se à minha frente, passa um braço pela minha cintura e ampara-me até casa. Tira-me a bota, a meia, enfaixa o pé inchado, murmurando palavras doces. Serve-me uma fatia de uma tarte que não conheço, a avó só faz pão-de-ló e bolo de mármore.
   Tenho dez anos. É o último dia de aulas da primária. Saio da festa, pulo o muro, corro, ela já está à minha espera à porta da cozinha. Sorri, abraça-me e oferece-me uma fatia de tarte de limão.

18 comentários:

  1. Por isto e muito mais, mereces tu a tarte de limão da "bruxa".

    Um beijo grande e obrigado, está dentro da temática que eu imaginei e vejo-o com a minha mente ilustrado a lápis de cor. Merecia sem dúvida, ser ilustrado. E mais uma vez, tu mereces a tarte. ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :) obrigada eu por me fazeres regressar à infância.
      os antigos alunos da escola do magistério primário de Viseu sabem de quem estou a falar. ela existiu mesmo :) e eu cheguei a conhecê-la.

      Eliminar
    2. Espero trazer ainda mais com tarte de limão. ;)

      Para quando?

      Eliminar
  2. Bora lá provar essa tarte de limão,

    Fantástico ;)

    Beijokas

    ResponderEliminar
  3. parabéns por teres conseguido tratar tão bem um título 'difícil', trazendo-o para o teu 'universo narrativo'. suponho que deve ter sido um verdadeiro desafio.
    e depois, gostei muito do tom, muito as-a-matter-of-fact, muito directo, em que as emoções estão escondidas entre as palavras.
    e também me inscrevo para uma fatia da tarte; adoro tarte de limão.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. não foi muito difícil. tinha-o em mente há dias. foi só deixar passar a poeira do cansaço e escrever com calma.
      não como tarte de limão há muito, muito tempo. vamos marcar um lanche, sim :)

      Eliminar
  4. Mais um conto ternurento e fofinho, tal como eu gosto! É fantástica a forma como expressas as tuas ideias assim, sob pequenos contos e relatas em tão pouco um universo quase infinito! ^^

    Beijinhos :)

    ResponderEliminar
  5. Uma bela história, assente numa escrita descritiva.
    É um quadro harmoniosamente bem pintado, pelas tuas palavras.

    Diogo_Mar

    http://diogo-mar.blogspot.com/

    E:

    http://diogo7mar.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. A literatura infantil é das mais difíceis. O público juvenil é extraordinariamente exigente. Felizmente, é um género reconhecido. Grandes poetas já escreveram sobre e para crianças. E até artistas de outras áreas.

    Eu gostei bastante. Tenho em mim um lado acentuadamente infantil, talvez mais do que a larga maioria.

    beijinho, Margarida.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. obrigada, Mark. era um conto infantil? não pensei nisso quando o escrevi. :)
      bjs.

      Eliminar
  7. Tendo em conta o título foste de uma enorme originalidade. Gostei da volta que deste à história e o estar escrito na primeira pessoa cria uma grande proximidade com a protagonista, o que é importante nesta narrativa.
    Bjs.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. obrigada. é muito importante ter o vosso feedback :)
      bjs.

      Eliminar