terça-feira, 3 de outubro de 2017

44

   Fiz a capicua no passado domingo.
    A Magda e o Adolescente Gay (o Francisco estava doente) aceitaram o meu convite e, no âmbito do Festival do Silêncio, fomos até à Rua Cor-de-Rosa. A livraria-bar Menina e Moça foi a escolhida, uma boa opção, pois estava suficientemente perto do palco, na rua, para ouvirmos dentro da sala. Um sítio giro, muito interessante e acolhedor.
   Recebi um extraordinário presente  e fiquei emocionada, pois era um livro que queria ter há muito tempo.  :-) (adorei, obrigada aos três).







 Foi uma tarde e princípio de noite excelentes, entre tosta de abacate, torrada de tomate, bolo de suspiro e chocolate e música ao vivo e muita, muita conversa.




 Uma paragem obrigatória na Fábrica dos Bolos, a meio da Almirante Reis (o Adolescente acompanhou-me neste passeio nocturno), apanhada finalmente aberta (abre das 9 da noite às 2 da matina - famosa pelas suas bolas de berlim, que comprei e comi enquanto esperava pelo comboio em Roma-Areeiro).



  Por falar em bolos (pois não há dois sem três), o André Mendonça, que conheci no jantar da blogosfera promovido pelo Adolescente Gay, fez-me um bolo de espinafres e noz divinal, que levei para o trabalho. As minhas colegas adoraram (eu também, :p )